Leia mais...

Salve e compartilhe
09/04/2019
Setor Produtivo Reivindica Infraestrutura
 

Avanços em infraestrutura e logística, segurança no campo e mais crédito foram as principais demandas dos produtores do agronegócio, ontem, na Tecnoshow Comigo 2019.

Ao dialogar com o setor produtivo de Goiás, o governador Ronaldo Caiado (Democratas), ressaltou as ações de sua gestão para melhorar o escoamento da safra, que começa neste semestre e, atualmente, é a principal demanda dos agricultores e pecuaristas do Estado. Cobrado pela recuperação da malha viária, o governador insistiu na parceria com os municípios para efetuar as operações emergenciais nas estradas. Em ato simbólico, a capital do Estado de Goiás foi transferida para a cidade de Rio Verde, e os secretários de governo devem despachar até a próxima sexta-feira (12) da cidade.

Na abertura oficial da 18ª edição da feira de tecnologia em agronegócioTecnoshow Comigo 2019, em Rio Verde, no sudoeste goiano, ele também destacou o leilão da Ferrovia Norte-Sul, realizado no final do mês passado. Caiado disse ter articulado em tempo recorde com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, a concessão do trecho de 1,5 mil quilômetros pelo lance de R$ 2,719 bilhões, o que representa um ágio de 100,92%.

O presidente da Comigo, Antonio Chavaglia, cobra o pleno funcionamento da Norte-Sul. “Eu tenho esperança que realmente a coisa venha a acontecer, não só terminar a ferrovia, mas que tenha os vagões para poder transportar. Não adianta estar pronta e não ter a gestão e o potencial para atender todas as necessidades de álcool, grãos, açúcar, petróleo”.

Representante do Planalto, a correligionária do governador e ministra da Agricultura, Pecuária e Abastrecimento, Tereza Cristina (Democratas), destacou a importância das cooperativas para a economia brasileira e disse que pretende ajudar a expandir o modelo país afora. No mesmo tom dos produtores, a ministra criticou a medida implantada pelo ex-presidente Michel Temer (MDB), de tabelamento de frete. A política foi instituída após a greve dos caminhoneiros do ano passado. 

A pauta da logística foi, como era de se esperar, a que dominou o primeiro dia do evento. O governador justificou falta de recursos para investir em Infraestrutura. “Falei hoje pela a manhã com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Esperamos que o plano seja encaminhado ao Congresso para podermos contrair empréstimo e poder investir corretamente”, disse o governador sobre as demandas do setor produtivo. Além disso, Caiado citou os projetos realizados em sua gestão para melhorar a segurança nas fazendas e a condição das estradas. “Estou fazendo consórcio com as prefeituras. Estão me ajudando a recuperar as estradas de Goiás”.

Caiado também contou que encontrou mais de 5 mil quilômetros de rodovias intransitáveis e que tem feito parcerias com as prefeituras para dar aos produtores condições de escoamento das safras. “Temos que mostrar a nossa capacidade de superar tudo isso”, ressaltou.

O secretário de agricultura, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, participou da abertura da feira ao lado do governador. Para ele, a feira é um ponto de encontro e troca de experiências entre agricultores e empresários do ramo. “É uma feira responsável por movimentar bilhões em negociações e por transformar a cidade de Rio Verde na capital do agro. Durante a semana de realização da feira, pessoas de diferentes localidades participam do evento, em um espaço especial que proporciona a oportunidade de aprendizagem, de difusão de tecnologias e inovações voltadas para o campo e de realização de grandes negócios. É o exemplo da importância do setor para a nossa economia e mostra que o agro é de todos”, enfatiza.

O presidente da Assembleia, Lissauer Vieira (PSB), pediu a ministra Tereza Cristina olhar atento para o setor. “Sabemos que este setor é o que alavanca a economia do País, e que nos momentos de crise e de dificuldades, é o produtor rural, o setor produtivo, que está pronto para poder gerar números positivos na balança comercial brasileira”, finalizou.

 

O governador estava acompanhado de todo o secretariado, do vice-governador, Lincoln Tejota (PROS), da primeira-dama, Gracinha Caiado e do prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale. 

Fonte: Jornal O Hoje Edição de 09/04/2019.

 

 
 
 AGE - Av. T-4, nº 619, Salas 2007/2010, Edf. Buena Vista Office Design, Setor Bueno, Cep:74.230-035, Goiânia-GO - Fone: (62) 3092-1212 - age@age.org.br
Horário de funcionamento: Das 8:00 as 12:00 e das 13:00 as 17:00hs.
Site desenvolvido por: RS Soluções Web